CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Como foi a 3ª Jornada Ecologia e Espiritualidade. Em texto e fotos.



3ª Jornada Ecologia Espiritualidade: Tema "Biomas Brasileiros"
Realizada no período de 05 a 07 de Maio de 2017 – Comunidade Bom Pastor. Aracaju-SE.
Assessoria do Roberto Malvezzi "Gogó"


05.05 – Sexta Feira
Iniciou com uma mesa redonda para uma apresentação de experiência exitosas em Aracaju no campo da educação e do  ativismo ambiental. 

 Palavras iniciais proferidas pelo professor Zezito de Oliveira, mediador da mesa redonda.

"Na realização da primeira jornada ecológica (2011), os participantes se surpreenderam com as condições e oportunidades criadas naquele momento, para a discussão de uma abordagem integral ou sistêmica que oriente a vivência de metodologias de educação criativa, pouco comuns em processos de formação e de mobilização em nosso Estado.
Esta foi uma das razões mais importantes na motivação do coletivo organizador.
Lembrando as palavras de Jesus Cristo: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.”
Que venham a jornada ecológica todos os que estão em busca da unidade perdida ou, em outras palavras, querendo combinar fé e compromisso sociotransformador, luta e prazer, razão e emoção, trabalho e alegria, pão e poesia, preservação da natureza e atendimento às necessidades humanas essenciais, e, ainda, harmonizar politica e estética.
Convidem aqueles que estão inquietos, indignados e que sentem que é preciso mais coragem, criatividade e generosidade para nos relacionarmos em busca da unidade com todos os seres da criação, tendo como objetivo a superação da crise em que a humanidade está mergulhada em decorrência do modelo capitalista predatório e excludente, que neste início do século XXI se fortalece por estar incorporado aos símbolos, valores e sentidos que alimentam mentes e corações de amplas parcelas da população.
Ainda há tempo!! Como diz o rapper Criolo, em uma de suas músicas: “Ainda há tempo!!” 

Estiveram presente contribuindo com suas experiências na mesa de abertura:
·         Roberto Malvezzi – Assessor da Jornada.
·       Matheus Caetano – Psicólogo, integrante da Ong Sahude. Falou sobre permacultura, que quer dizer Cultura permanente e consciente. Deixou como indicativo pesquisar no google sobre Flor da Permacultura.
·       Antônio   Wanderley – Professor e Ambientalista. Trouxe a clareza sobre ECOLOGIA – como estudo da casa comum a todos, a necessidade de falar sobre o cuidado com esse ambiente que está sendo devastado pelo consumismo e desperdício descontrolado. Pontuou ainda que há um distanciamento da natureza nos bairros da capital. Convoca para que pensemos no global, mas que precisamos agir no local.
·         Hugo Sidney – Jornalista. Considera de grande importância esses espaços para o exercício do aprendizado e desenvolvimento pedagógico. Estudos feitos nos dizem que Aracaju produz quase uma tonelada de lixo por dia, e nós o que fazemos? Precisamos urgentemente repensar nossos hábitos.

Durante os comentário da plenária, a deputada estadual e professora Ana Lúcia,  trouxe contribuição referente ao que o  mandato vem desenvolvendo dentro dessa temática: Dentre outras ações, destacamos.
19.05 – Audiência Pública na assembleia com o Professor Wladimir de Alagoas
03.06 – Dia de Defesa do Rio São Francisco – há proposta de que haja uma grande mobilização.
Em outubro marcado um debate sobre segurança alimentar, ainda sem data confirmada.
Disse ainda que a privatização da Deso tem dedo da Odebrecht e da Celi aqui em Aracaju.

06.05 – Sábado
Iniciando as atividades houve uma rodada de nomes e de onde cada um vem. Dentre os participantes contamos com a presença de pessoas da cidade Sapeaçú do Recôncavo Baiano.
O assessor iniciou sua fala conversando sobre definição teológica, capaz de entender a criação e a filosófica, animais racionais.
·         O Reino de Deus é toda a criação;
·         Deus não cria para destruir;

Elementos da Laudato Si:
·         Crise da civilização – Mudança de Paradigmas
o   Clima
o   Casa Comum
o   Agua
o   Solo
o   Pobres
o   Cultura – valor
o   Técnica – Ciência – tecnificação da vida.
O ser humano avançando para fora da terra. Essa é a primeira geração que vai para Marte, por exemplo. Essa humanidade que não fica confinado a terra. O assessor fez um passeio através de imagens do universo, o que podemos realizar  através de pesquisa  no google
Há três coisas básicas para sermos cristãos: Deus – As pessoas – A criação.

Algumas mudanças de valores entraram na Igreja:
o   Interligado – Cuidar da casa comum, onde tudo está interligado.
o   Evangelho da criação – é a Boa Nova da beleza da Criação - Deus está presente na história
o   Contemplação – Aprender a contemplar o Evangelho da Criação
o   Conversão Ecológica – é a chave proposta pelo Papa Francisco, que deve começar dentro da gente.

No segundo momento houve a apresentação do vídeo “Biomas do Brasil”:
·         Qual a relação que os biomas têm outro – a conexão da vida;
·                    Os serviços que os Biomas mostram.
·                    Falou-se de Padre Ibiapina como um grande homem e missionário no campo social e ecológico.

Na primeira parte do sábado à tarde,  a comunidade Bom Pastor contou um pouco da sua história e caminhada. Após isso,  foram formados sub-grupos que se reuniram por biomas para responder a algumas questões baseada na apresentação da manhã, a qual contou com um suporte do vídeo da campanha da fraternidade, produzido pela CNBB.

Características/ relações e questionamentos dos Biomas:·        


MATA ATLANTICA auxilia nas questões hídricas, reserva da biosfera e litoral. 
As características são as mais diversas:    
                                
Arvores frondosas de grande porte, que protege muitas espécies menores e convivem pacificamente;
Arvores que auxiliam no regime hídrico e na reserva da biosfera;
Região composta por grande parte do litoral; com clima ameno;
Animais e espécies em grande quantidade porem, muitos em extincão;
Diversidade de árvores e animais com grande capacidade de produção de espécies e vários pratos típicos e característicos dessa região.
Infelizmente só resta apenas 7 ou 8% do original, conseqüência da monocultura e o agronegócio com a cana de açúcar, eucalipto, pastagens e etc.
     RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE OS BIOMAS
Os biomas se completam se comunicam o que falta em um o outro se complementam e forma um ciclo.
Exemplo: a água, os rios, oceano, os índios, as plantas e etc.
As espécies de aves e animais levam sementes as mais diversas regiões completando os ciclos.
Relação de fragilidade na exploração e degradação.

QUAIS OS QUESTIONAMENTOS QUE O VÍDEO DESPERTOU EM VOCÊ?

A relação do homem com o ambiente durante ao longo do tempo.
Relação de predador, de dominação e destruição do meio por benefícios próprios econômicos, a ganância.
Compreendemos que podemos utilizar qualquer espaço para conservar e preservar o meio ambiente;
O repensar na nossa pratico, interessante quando vemos fala de um agricultor que diz que teve resistência antes de começar a plantar a primeira arvores depois que planta a primeira não para mais.
Possibilidade de regeneração das nascentes dos rios e das matas e da capacidade de convive pacificamente. 
·         Amazônia:
o   Características: É o maior Bioma do Brasil – se estende por nove estados. É importante para o ciclo do carbono, maior reserva de agua do mundo; Sistema aquífero grande Amazônia; Maior bacia hidrográfica do Brasil abrangendo rios negro, Solimões e amazonas; Compreende metade do território nacional; Maior floresta: densa, latifoliada e equatorial.
o   Fauna – quantidade e diversidade de espécies, totalizando 20% das espécies catalogadas do mundo.
o   Flora – maior biodiversidade do mundo.

 RELAÇÃO EXISTENTE COM OUTROS BIOMAS
o   A Amazônia contribui com os outros biomas através da evaporação das aguas dos rios (rios aéreos) que levam as chuvas para outras regiões/ biomas, também contribuindo para os rios que se desdobram em seus afluentes; Considerado o pulmão do mundo; Potencial para fornecimento de matéria prima para as industriais farmacêuticas, alimentícia, estética, perfumaria e etc..

 QUAIS OS QUESTIONAMENTOS QUE O VÍDEO DESPERTOU EM VOCÊ?
o    Conflitos existentes para a preservação dos biomas – olhar panorâmico – olhar da realidade; olhar humano de se perceber como parte integrante de um bioma; despertar da consciência de que os recursos de que necessitamos vem da natureza; estar inserido no bioma – reconhecendo seu papel como cidadão e intervir positivamente; perceber as perdas sofridas no seu local em decorrência da devastação e dá uma resposta pessoal com mudança de atitude individual, mas com a perspectiva de mobilização social.
·      Cerrado ocupa a área central. 70% (área mais antiga da terra), rica em biodiversidade, mais que sofre alteração humana. Apenas 8% de cuidados, o resto é para exploração na criação de gado.  

      RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE OS BIOMAS

     O Rio São Francisco só vive porque suas águas vem do cerrado, o qual por sua vez recebe a contribuição da Amazônia.
·         
 Caatinga
o   Localiza-se em quase sua totalidade no nordeste brasileiro;
o   Clima litorâneo, semiárido e árido;
o   Sua vegetação se se caracteriza pela adaptação ao clima quente e seco. Em que seus galhos secos e tortuosos dão um aspecto esbranquiçado, dai o nome Caatinga – Selva branca em Tupi-Guarani;
o   Sua pluviosidade baixa se caracteriza com inversos chuvosos e verões secos. Seu principal representante é o Rio São Francisco.  
o   Único bioma brasileiro conhecido como mata branca.
o   É o bioma da Resiliência – Resistencia, que é a capacidade de readaptar, de envergar e não quebrar.
·        
 Pantanal:
o   É o maior índice de reserva, 84%%;
o   Uma grande diversidade de fauna e flora e preservação da vida;
o   Tem um grande reservatório de agua natural, fornecendo agua para todos os biomas. Funciona como uma esponja retém e libera a água aos poucos;
o   É o menor em extensão territorial;
o   O símbolo do Pantanal é o Tuiuiú.
o   Destaca-se também pela presença das populações tradicionais indígenas e quilombolas, que são elos principais para a preservação desse bioma.
o   É onde a criação de gado e agronegócio é muito presente.

  RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE OS BIOMAS
o   É considerada reserva da biosfera. 

 QUAIS OS QUESTIONAMENTOS QUE O VÍDEO DESPERTOU EM VOCÊ?
 Há uma necessidade de prestarmos mais atenção nos biomas, falamos ainda de uma forma muito mecânica. Precisamos pesquisar mais, e trabalhar nas escolas e comunidades. Precisamos introjetar em nossas vidas; As pessoas mais preocupadas, mais conscientes, são as populações tradicionais. Tem mais consciência de preservação, não fazem separação entre a terra e o homem. É outro olhar.
·          
Pampa Gaúcho
 
o   Tem como característica principal a vegetação gramíneas;
o   E arvores de médio porte, representada pelos campos limpos e campos sujos; 
o   Termo de origem indígena; 
o   3000 espécies. 
o   Grande plantação de eucaliptos.

  RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE OS BIOMAS
o   Onde fica a maior parte do Aquífero Guarani – importante para a manutenção de toda a sua biodiversidade;

QUAIS OS QUESTIONAMENTOS QUE O VÍDEO DESPERTOU EM VOCÊ?
o   Segundo Itamar os objetivos da CF não são tão claros, é necessário um desdobramento maior que possa então levar a um compromisso; Considera que um ambientalista exerce um pouco a função de barrar o progresso; e que a comunidade Bom Pastor tem uma dificuldade de como encaminhar o deposito de lixo que é feita pelos moradores do entorno;
o   Edmarques falou da proposta de um novo olhar para o meio ambiente por Campo do Brito – Serra de São José, iniciativa do então Padre Ionilton (atualmente Bispo), realiza trabalho de conscientização ambiental levando os catequistas e catequizandos;
o   Fabiane – professora do Instituto Dom Fernando Gomes (IDFG)  tem um trabalho de apresentação de vídeo e bate papo entre os alunos sobre o meio ambiente, e a própria escola desenvolve com os alunos visitas ao Parque da Cidade por exemplo.
o   Zezito – Professor da rede estadual e ativista cultural propõe uma parceria entre o IDFG com o trabalho de Campo do Brito – Serra de São José. Dentro das possibilidades com palestras e visitas. Finaliza dizendo que o dever de cuidar é de todos.
o   Patrícia relata uma experiência com reciclagem de materiais e que pretende realizar caminhadas de conscientização no bairro da cidade nova.
o   Ana Rita partilha a existência da realização da caminhada ecológica pelo bairro Santos Dumont, coletando lixo da rua e chamando a atenção para o cuidado. Ainda há uma proposta a ser implantada, que é a reciclagem do óleo. A Energisa tem uma ação onde propõe o lixo por desconto na conta, e que a Paroquia São Francisco de Assis é parceira, cedendo o espaço físico.

 Fragilidades e ameaças:
·         60% mata e campo;
·         Crise de agua;
·         Recriar a floresta com espécie própria;
·         Agronegócio;
·         Desmatamento;
·         Veneno nas aguas;
·         Agressões aos biomas.
Precisamos urgente cultivar e guardar a criação.

07.05 – Domingo
Os trabalhos iniciaram a partir de uma “Roda de Toré” invocando a paz entre os povos. Depois houve a continuidade dos  trabalho com a metodologia dos circulos biblicos.

Círculos Bíblicos:

Grupo 01: Jesus, a Palavra feita carne, revela Deus à humanidade – Prólogo de João 1,1-18.
Trevas: clima e circunstâncias politicas, incertezas, ambições, poder pelo poder, falta de comprometimento diante do que o evangelho nos propõe a partir da realidade. Somos facilmente levados pelas trevas, pelo mais fácil.
Luz: prometendo praticar o evangelho. A fé sem obras é morta, não basta ser guiado pela luz. O mais importante é o compromisso com os empobrecidos.
Na meditação da palavra: A palavra que se fez carne e armou sua tenda entre nós. Essa luz é para ajudar o próximo, vencer as dificuldades. Porque é a luz que liberta, salva, dá esperança de lutar por uma vida melhor.
Grupo 02: A Aliança de Javé com os filhos da terra – Gen 9,8-27
O grupo deu inicio com o canto “Cantico das Criaturas” da autoria de Zé Vicente e invocando o Espírito Santo. Em seguida cada participante expôs seu entendimento sobre o que é aliança:
Compromisso; Pacto; Casamento; União; Criação de relações.
A aliança de Deus com Noé e sua geração e com todas as criaturas, foi à primeira aliança, e é preciso que recordemos que essa aliança é com todos os seres vivos.
Deus nunca quebrou essa aliança conosco, e o seu grande sinal é o arco íris que surge no céu. No entanto a humanidade às vezes se afasta de Deus, quebrando essa aliança, mas por sua própria responsabilidade, e não por vontade de Deus.
Se a aliança é com todos os seres vivos, deve haver um compromisso de cuidar do meio ambiente, da criação divina.

Grupo 03: A interligação da vida – Laudato Si: Capítulo IV, nº 138 - 139. 
 
Canto inicial “Foi Deus quem fez você”, gravado por Amelinha.
O chamado a defesa da vida é uma experiência pessoal, porque se dá na historia individual em que  cada um se encontra. A descoberta acontece na defesa de um aspecto da vida:
o   Luta para a garantia de direitos da previdência;
o   Na evangelização das pessoas moradores de rua (importância do escutar, acolher e respeitar). A “Aurora da Rua” – Projeto realizado em Salvador;
o   Defesa da vida da 3ª idade que são abandonados nos asilos;
o   Necessidade de embasamento legal, de deter informação e conhecimento;
o   Agir como cristão X cidadão;
o   Proteger animais;
o   Mudança de paradigmas
o   Lei do deixar viver, sem negligenciar atitudes. Exemplo: a parábola da “Tigela de madeira”
Quando se quebra o ciclo da vida há um desequilíbrio na natureza, por exemplo, a devastação.
O que nos chamou mais a nossa atenção:
o   Despertar para o cuidado com toda a espécie da vida;
o   Sistema integrado;
o   A bíblia começa com um belo jardim e termina falando de outro jardim

Avaliação:

Temática
Ø  Muito boa, não é somente na quaresma, mas todo o ano que devemos vivenciar e aprofundar a Campanha da Fraternidade;
Ø  Despertou o olhar para a natureza, para a criação;
Ø  Importante e necessário, uma decisão acertada, abre os horizontes e deixa o desejo; 
Ø  Olhar diferente depois da jornada: Somos parte da natureza;
Ø  Um reforço muito intenso para novas atitudes;

Espaço
Ø  Propício, maravilhoso e favorável para o tema;

Organização
Ø  Animação cultural  muito boa;
Ø  O assessor superou a expectativa;
Ø  Roda de conversa muito boa;
Ø  O pessoal que veio da Bahia está de parabéns pelo esforço de virem de tão longe;

Propostas para o próximo encontro
Ø  Ter sopa, além do cardápio oferecido para as refeições;
Ø  Encaminhar um gesto concreto, ir para a ação, sair do comodismo;

O encerramento da Jornada Ecológica aconteceu com uma caminhada dentro do espaço da comunidade Bom Pastor, finalizando com o plantio de uma muda do Pau Brasil.

 44 participantes assinaram a lista de presença.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

ENTRADAS:

Doações: Ana Lucia  ............            50,00
                CEBI ....................           300,00
                S/ Identificação ....           300,00
                Cáritas Arquidiocesana    200,00
                Escola Futuro Feliz .......  500,00
                Afra Supermercados        600,00
                Coleta final .........              18,00
               Arquidiocese .......             600,00
Inscrições.............................        1.480,00 (*)

TOTAL...............................        4.048,00             



SAIDAS:

Açougue................................................................      255,00
Limpeza ...............................................................      100,00
Gogó/ Passagem ..................................................      602,00
Gogó/ Assessoria ................................................      400,00
Taxi/ Expedito ...................................................       160,00
Bom Pastor/ estadia ..........................................     2.500,00

TOTAL ............................................................     4.017,00

Saldo (+) .........................................................            31,00


(*) 35 participantes pagaram R$40,00=   R$1.400,00
      02 participantes pagaram R$30,00=   R$     60,00
      01 participantes pagou      R$20,00=   R$    20,00

Relatório organizado por Irene Smith a partir das anotações produzidas pelos relatores. 

 EQUIPE DE ORGANIZAÇÃO: Pe. José Soares, Zezito de Oliveira, Irene Smith, Narcizo Machado, Eli Ferreira,  Edjane Paixão, Ana Rita, Eliana Ferreira.
APOIO:
    Arquidiocese de Aracaju – Cáritas Arquidiocesana –   Comunidade Bom Pastor - Rádio Cultura – Gráfica Farias – Clinica Dermo Estética -  Mercearia Bela Bela – Afra Material de Construção – Afra Supermercados – Centro Educacional Futuro Feliz (CEFF ).

Subsidios pedagógicos para quem quiser prosseguir realizando atividades educativas baseado no tema "Biomas brasileiros" e na Enciclica "Laudato Se".



Ouça uma seleção de canções que tem relação com a Enciclica Laudato Si. Outras sugestões podem ser proposta nos comentários.

Play list - Laudato Si: Como cuidar da criação - Enciclica do Papa Francisco

Confira outras sugestões no link AQUI,

AQUI