CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

A Realidade em tela de cinema - Edição Férias de Verão 2016



 

Textos- Zezito de Oliveira  Fotos - Zezito de Oliveira, Maíra Ramos e Raoni Smith. Publicado  anteriormente no Facebook
 
A 3º edição do Cine Realidade – Férias de Verão,  aconteceu com um detalhe muito legal, aumentou o número de presentes, chegando quase ao mínimo das edições quinzenais de 2015, que variou entre 8 e 18 pessoas. A primeira edição férias de verão,  contou com 2 pessoas presentes. A segunda edição contou com 5/6 pessoas presentes e esta terceira edição teve a participação de 7 adolescentes e jovens.


Os filmes da vez foram dois episódios da minissérie “Cidade dos Homens” apresentada pela rede globo de televisão no período compreendido entre  2002 e 2005. Como foi informado antes da exibição,  a proposta desta obra audiovisual foi ampliar o alcance e o sucesso de Cidade de Deus, como disse Zezito de Oliveira, mediador das rodas de conversa do Cine Realidade, é o equivalente ao que o cinema americano faz com a série de edições seguintes, quando um filme de Hollywood é bem sucedido. 


A série foi realizada com diversos episódios com histórias diferentes, guardando  como pontos de ligação entre elas, os personagens Acerola e Laranjinha e o cenário e personagens de uma favela carioca.


Os episódios apresentados nesta edição do Cine  Realidade foram os primeiros ·  1 - A Coroa do Imperador - Roteiro: Cesar Ch,Fernando Meirelles e Jorge Furtado. Direção: Cesar Charlone.

·  2 - O Cunhado do Cara - Roteiro: Katia Lund e Paulo Lins. Direção: Katia Lund e Paulo Lins. Argumento: Fernando Meirelles e Jorge Furtado.


A Coroa do Imperador  faz a ligação de um assunto abordado por uma professora em uma sala de aula cheia de adolescentes bem dispersos e barulhentos. 

O tema da aula  trata da questão do conflito europeu que opôs Napoleão Bonaparte e a Inglaterra, chamado de bloqueio continental, o qual  provocou  a vinda da família real para o Brasil. No decorrer do episódio fica claro a semelhança dos conflito acima e àquele envolvendo quadrilhas de traficantes rivais, inclusive  para garantir comércio e territórios.



Já o segundo episódio trata da atitude de Acerola que ficou cheio da bola , passando a querer dar uma de bom e de gostoso, após a irmã dele passar a namorar o chefe de uma das facções do tráfico. Quando o chefe cai, a bola de Acerola murcha e quem forçou a barra para ser  exaltado passa a ser humilhado.


A recepção foi positiva, além do conteúdo, discutimos também aspectos de linguagem,  por conta de no primeiro episódio ter apresentação de  imagens metafóricas ou com efeitos de analogia, mesmo poucas, mas que chamaram a atenção.

Tratou-se da imagem que coloca lado a lado,  o diálogo tenso de Laranjinha em uma boca de fumo com gerentes e soldados do tráfico e imagens de  ratos em meio ao lixo, misturado com esgoto.  

O Cine-Realidade prossegue na próxima sexta, 12/01, das 15 às 17h  no refeitório/auditório da Escola Júlia Teles. Na sexta seguinte, 19/01, acontecerá uma programação diferente, desta vez teatro na rua, quando o Cine-Realidade será suspenso para quem quiser assistir a um espetáculo que trata da cultura, das histórias e da luta da população de Poço Redondo, espetáculo realizado por adolescentes  e jovens do sertão e que tem na equipe técnica o educador e oficineiro Eduardo Freitas, ligado às oficinas culturais da Ação Cultural/ Ponto de Cultura  Juventude e Cidadania, parceira do Cine Realidade.

A programação de férias será encerrada no dia 26 de Fevereiro com um programação especial. Em março o Cine Realidade retorna a programação quinzenal, aos sábados.


 ---------------------------------------

 

2ª edição do Cine Realidade. Especial Férias de Verão
 
Amanhã, sexta-feira (05/02) estaremos realizando mais uma edição semanal do Cine-Realidade. Das 15 às 17h. Na semana passada foi escolhido o filme “Capitães de Areia” baseado no romance homônimo de Jorge Amado. A escolha foi realizada dentre uma série de filmes apresentados para escolha, quem fez a opção já tinha assistido na escola anteriormente. Foi feito uma votação e mais uma vez, ao final no debate, os presentes ficaram satisfeitos com o que assistiram.

Umas das questões mais destacadas no debate, foi o fato do problema das crianças que moram na rua e que se organizam em grupo para sobreviver e praticar furtos é um fenômeno também dos anos de 1930. 

No geral, para quem vive no mundo atual, acredita-se que seja uma questão mais ligada a nossa época. Outra questão apontada é o universo do sincretismo religioso e cultural que aparece nas obras de Jorge Amado, principalmente naquelas que tem como tema e cenário a cidade e os moradores de Salvador.

Um ponto importante destacado pelo professor Zezito de Oliveira, mediador dos debates, foi sobre a importância de ler Jorge Amado, um dos escritores brasileiros mais conhecidos e aclamado dentro e fora do Brasil, foi dito que Jorge Amada é autor de uma literatura bastante inspirada na cultura e nas lutas sociais do povo baiano. 

Tendo em sua obra, romances com tendência mais forte para um ou para outro caso. Capitães de Areia, por exemplo, é o tipo de romance do autor, com uma pegada mais social. Após a explanação e debate, um dos jovens presentes solicitou o empréstimo de livros de Jorge Amado para ler, no que será atendido na tarde de amanhã. Foi lembrado também que Jorge Amado morou durante alguns anos da adolescência na cidade de Estância (SE).

A lista de filmes para serem escolhidos segue abaixo. Lembramos da importância de frequentar e convidar os colegas para o Cine-Realidade. É bom para vida, bom para se divertir, bom para a escola e bom para o ENEM. Quem for deve levar sucos, refrigerantes, frutas, salgados ou doces.
 
LISTA DE FILMES PARA ESCOLHA
“Pro Dia Nascer Feliz” apresentando a realidade de estudantes das escolas públicas de diversas regiões do país, com histórias de dificuldades, desafios e sucessos. O filme também apresenta história de estudantes de escolas particulares de elite, com seus dramas existenciais e perspectivas de vida.
Vocacional – Uma aventura humana – Descreve as alegria e as dores de um grupo de estudantes e professores que criaram uma das experiências mais importantes de ensino público, democrático e com sentido, durante a época do regime militar. O filme mostra o nascimento, o auge e o fim da experiência em razão da perseguição da ditadura. A realização do filme é de Toni Venturi, cineasta e ex-aluno da rede Vocacional.
5 X Favela – Agora por nós mesmos - Um retrato de momentos tensos e alegres da juventude que reside em favelas cariocas. Um projeto realizado por estudantes e profissionais ligados ao campo do audiovisual e residentes nas favelas. A produção conta com a supervisão do premiado cineasta Cacá Diegues.
Série completa de episódios das minisséries: Cidade dos Homens, Suburbia e Antônia. Exibidos pela Rede Globo de Televisão desde meados de 2004 até 2013.
Cidade de Deus – Filme premiado e já exibido na televisão. Um dos filmes que inicia o boom de produções da conhecida “estética da periferia”.
Ônibus 174 - Ônibus 174 é um filme documentário brasileiro de 2002, dirigido por José Padilha. Lançado em 22 de outubro de 2002, o documentário é sobre o sequestro do ônibus 174, que aconteceu em 12 de junho de 2000, por Sandro Barbosa do Nascimento, em plena zona sul do Rio de Janeiro.
 ---------------------------------

Nessa sexta-feira, 29/01,das 15 às 17h30, no refeitório/auditório da Escola Júlia Teles, teremos a segunda sessão do Cine Realidade de 2016. A primeira realizada na semana passada apresentou o filme “Sonhos Roubados” , que abordou a questão da prostituição juvenil e a pedofilia , no contexto de uma favela carioca.

As sessões de férias acontecerão sempre às sextas-feiras, até o final de fevereiro e os filmes serão escolhidos por quem chegar nos primeiros quinze minutos. Os títulos disponíveis são os seguintes:

“Pro Dia Nascer Feliz” apresentando a realidade de estudantes das escolas públicas de diversas regiões do país, com histórias de dificuldades, desafios e sucessos. O filme também apresenta história de estudantes de escolas particulares de elite, com seus dramas existenciais e perspectivas de vida.

Vocacional – Uma aventura humana – Descreve as alegria e as dores de um grupo de estudantes e professores que criaram uma das experiências mais importantes de ensino público, democrático e com sentido, durante a época do regime militar. O filme mostra o nascimento, o auge e o fim da experiência em razão da perseguição da ditadura. A realização do filme é de Toni Venturi, cineasta e ex-aluno da rede Vocacional.

5 X Favela – Agora por nós mesmos - Um retrato de momentos tensos e alegres da juventude que reside em favelas cariocas. Um projeto realizado por estudantes e profissionais ligados ao campo do audiovisual e residentes nas favelas. A produção conta com a supervisão do premiado cineasta Cacá Diegues.

Série completa de episódios das minisséries: Cidade dos Homens, Suburbia e Antônia. Exibidos pela Rede Globo de Televisão desde meados de 2004 até 2013.

Cidade de Deus – Filme premiado e já exibido na televisão. Um dos filmes que inicia o boom de produções da conhecida “estética da periferia”.

Capitães de Areia- Filme baseado em conhecido romance de um dos mais importantes escritores brasileiros, Jorge Amado. Capitães da Areia é um drama de autoria do escritor brasileiro Jorge Amado, selecionado em 1937. O livro retrata a vida de um grupo de menores abandonados, chamados de "Capitães da Areia", ambientado na cidade de Salvador dos anos 1930.

Ônibus 174 - Ônibus 174 é um filme documentário brasileiro de 2002, dirigido por José Padilha. Lançado em 22 de outubro de 2002, o documentário é sobre o sequestro do ônibus 174, que aconteceu em 12 de junho de 2000, por Sandro Barbosa do Nascimento, em plena zona sul do Rio de Janeiro.

Conforme Maíra Ramos, jovem secretária da Ação Cultural e integrante da equipe de produção do Cineclube, "os filmes apresentados tem como contexto, a realidade que os jovens de periferia vivem no dia a dia, incluindo aspectos culturais ligados a dança, ao rap, as rádios comunitárias, ao teatro, entre outros elementos que podem mudar a vida da juventude. 

O Cine-Realidade não vem apenas para mostrar uma coisa óbvia, ele vem pra gerar um dialogo entre os jovens sobre o valor de um trabalho educativo e cultural dentro dessas periferias, incluindo o Conj. Jardim."

A primeira sessão do Cine Realidade teve inicio em 15 de agosto de 2015, com a exibição do filme "Uma onda no ar" seguido de um debate sobre a democratização dos meios de comunicação, o qual contou com a mediação do radialista Renato Nogueira. Após esta sessão, até dezembro seguiram-se mais outras seis, com média de participação que variou entre 8 e 18 participantes.

O Cine Realidade é uma ação de extensão do Projeto Rap Identidade Cultural, resultado da parceria do Coletivo de Artes-Educadores Ação Cultural, Grupo de Rap Filosofia de Loucos e Escola Estadual Júlia Teles. Foto: Raoni Smith Correa Santos


 ------------------------
 
ESCOLHA O SEU FILME PREFERIDO PARA SER EXIBIDO NA PRIMEIRA SESSÃO 2016 DO CINE REALIDADE. PARTICIPE E CONVIDE SEUS COLEGAS.
Neste mês de janeiro e fevereiro, até o inicio das aulas, o Cine-Realidade terá edição semanal. Sempre as sextas-feiras, das 15 às 17h. Nessa sexta-feira, 22/01,teremos a primeira sessão. Você pode escolher o filme a ser exibido. São eles:

PRO DIA NASCER FELIZ
O documentário dirigido por João Jardim “Pro dia nascer Feliz”, aborda o sistema educacional brasileiro, descrevendo realidades escolares de diferentes contextos sociais, econômicos e culturais a partir de diversos olhares sobre as realidades que constituem a estrutura educacional seja do ponto de vista da instituição, do aluno, do professor e da família.
A proposta do documentário é demonstrar o abismo existente entre as classes sociais que frequentam escolas públicas e algumas escolas privadas da elite e a relação do adolescente com a escola focando a desigualdade social e a banalização da violência. Filmado em três estados brasileiros, abordando classes sociais distintas, o filme trata é a relação professor/aluno que em algumas partes pode aparecer de maneira amena, outras desconfortável.
http://www.copacabanafilmes.com.br/…/…/pro-dia-nascer-feliz/

CIDADE DOS HOMENS é o título de uma série de teledramaturgia exibida pela Rede Globo durante quatro temporadas, entre 15 de outubro de 2002 e 16 de dezembro de 2005. A série ambientava-se nas favelas do Rio de Janeiro. Na trama, os dois protagonistas, Acerola (Douglas Silva) e Laranjinha (Darlan Cunha), vivenciam dilemas próprios da adolescência, tanto os universais quanto aqueles relativos aos problemas específicos nas comunidades carentes do Rio de Janeiro. São temas recorrentes o contraste entre ricos e pobres, a problemática do poder paralelo estabelecido pelo tráfico de drogas, a violência urbana, dificuldades financeiras e a cultura das favelas. http://cidadedoshomens.globo.com/
 

SONHOS ROUBADOS
Sonhos Roubados é um filme brasileiro que conta com a estreia do rapper MV Bill como ator, dirigido por Sandra Werneck e que retrata a vida nas favelas brasileiras sob o ponto de vista feminino.
Baseado no livro "As meninas da esquina - diários dos sonhos, dores e aventuras de seis adolescentes do Brasil", da jornalista Eliane Trindade,[1]
Sobre sua personagem, que finge ser mulher de um presidiário (vivido por MV Bill) e lhe faz visitas íntimas na prisão para complementar sua renda, Nanda Costa declarou:
Quis contar da forma mais verdadeira possível, sem julgar o comportamento dela.

— Nanda Costa[2]
http://www.cineluz.com.br/sonhosroubados/

Nenhum comentário: