CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

sábado, 21 de novembro de 2015

Sessão especial do Cine Realidade com curtas sergipanos e de Medellin (Colômbia). 28 de Novembro , 14h30, Escola Estadual Júlia Teles.




 5ª Sessão do Cine Realidade – 28 de Novembro(sábado), 14h30, Escola Júlia Teles.

Sessão especial com a apresentação de três curtas metragens sergipanos e um curta de Medellin, Colômbia, exibido na mostra Colômbia do Festival Visões Periféricas 2015, que acontece anualmente no Rio de Janeiro.

O primeiro – A Eterna Maldição do Cacique  Serigy – Confiram o link



 SINOPSE

Um homem em pleno contato com a natureza se vê ameaçado por uma estranha embarcação. Depois que ela aportou, nada mais foi paz no seu jardim das delícias. Um filme eletrizante que traz à tona a estória de um mito. O mito de uma tribo qualquer brasileira que se prostra diante do canto embriagante e conveniente de invasores. Muito embora imerso nesse contexto de inanição de desejos mais concretos, aflora nas brenhas deste solo as forças da natureza personificadas na figura densa do cacique Serigy, esbravejador de uma tradição contrária às tradições, esta ao mesmo tempo que se esmaga, camufla-se nas estruturas desgastadas de povos quaisquer às nossas vistas, no lugar sem dono, desértico em atitudes, só ele, o cacique para nos dar essa idéia.

FICHA TÉCNICA
Dados: Ficção, 14:59 minutos, Colorido, Stereo.
Elenco: Andrezza Poconé, Estranho, Fred Leão e Hernany Donato.
Roteiro e Direção: Alessandro Santana, Bruno Monteiro e Mauro Luciano.
Produção: Bruno Monteiro e Alessandro Santana.
Fotografia: Bruno Monteiro.
Still: Anderson Bruno.
Edição: Alessandro Santana.

Para saber mais, clique: http://escarronapalm.blogspot.com.br/2009/05/eterna-maldicao-do-cacique-serigy.html

 O segundo - "O Muro é o Meio"



 O documentário aborda as pichações de protesto gravadas nos muros da Universidade Federal de Sergipe. São gritos de revolta pela falta de segurança no campus, estrutura e qualidade de ensino. As pichações são mostradas como formas de indignação, reivindicação e também de comunicação contra a apatia das paredes brancas que abafam os conflitos socioculturais. 15'
Ficha Técnica:
Direção: Eudaldo Monção Jr
Roteiro: Eudaldo Monção Jr e Amanda Lemos
Direção de fotografia: Janaína Vasconcelos
Direção de produção: Fernanda Almeida
1ª assistente de produção: Luciana Oliveira
2ª assistente de produção: Renata Mourão
Montagem: Eudaldo Monção Jr
Trilha Sonora: Família Milgrau
Narração: Lucas Itacarambi
Som: Rayanne Laysa
Animação: Renan Sobral


O terceiro é: Ponto de Cultura - RECAP

É um vídeo de recapitulação de todo o processo de construção e experiência audiovisual das turmas 01 e 02, ano 2012, da oficina de audiovisual do Ponto de Cultura: Juventude e Cidadania/Ação Cultural. 12'48

O quarto é: Incultura



Sinopse: Felipe está disposto a tudo pelo amor da Luisa, por isso cruza as fronteiras imaginárias e sem pensar desata uma batalha entre as gangues da área, o que o leva a fazer um confronto tendo a cultura como arma para unir os povos e manter o amor da sua namorada.


Instituição/produtora:  Full Producciones
Ficção - Ano de produção: 2015.Duração em minutos: 33.Direção: Juan Carlos Gutiérrez e Didier Molina


Full Producciones é uma produtora que nasce do objetivo de um grupo de jovens do bairro Villa Laura Comuna 13, centro ocidente de Medellín, de se converter em uma organização social que gere processos de comunicação pública nas comunas.

O reconhecimento e a defesa do público se transformam em uma tarefa permanente que permite à instituição acompanhar a organizações e redes sociais que, a partir da atividade cultural, artística e do trabalho comunitário vem desenvolvendo propostas de construção coletiva de civilidade.

A produção audiovisual é, desta forma, a principal ferramenta para o trabalho de Full Producciones, já que permite, mediante a linguagem da imagem em movimento, interpretar a realidade e compartilhar com outros atores locais, regionais, nacionais e internacionais que, de uma ou outra forma, tem as mesmas problemáticas nas diferentes periferias do mundo.

Full Producciones também é conhecida por promover o Festival Comuna 13, a outra história, um festival referência na Colômbia por se dedicar a exibição de filmes produzidos nas periferias do país e que acontece em uma das principais comunas de Medellín.

 Após a exibição dos filmes, debate com Fernanda Almeida

 Fernanda Almeida, produtora, diretora de arte e fotógrafa. Faz parte da produtora Visagem Audiovisual, da ong Cacimba de cinema e vídeo, além de produtora do Sercine (festival de cinema universitário de Sergipe) Tem em seu currículo 5 produções documentais e está produzindo uma ficção curta metragem. Minha frase: A periferia é meu lar e meu impulso para produzir.

 Estranho

 

 

Jussara Silva

DIVULGUEM

 

Nenhum comentário: