VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Ponto de Cultura Juventude e Cidadania encerra atividades de 2014 com Sarau Multicultural.



 
O Ponto de Cultura Juventude e Cidadania, iniciativa que tem a Escola Estadual Júlia Teles como principal parceira na comunidade do Conjunto Jardim, realizará neste domingo, 9 de novembro,  o Sarau Multicultural – apresentação do resultado das oficinas do Ponto de Cultura, Juventude e Cidadania. O evento será realizado no Teatro Lourival Baptista, localizado à  Rua Laranjeiras, s/n, próximo a Faculdade São Luiz e a Fundação Aperipê. O Sarau Multicultural terá inicio às 16h,  com final previsto para as 17h30.

PROGRAMAÇÃO


1 – Apresentação final da capoeira no palco, somente com cânticos. A primeira parte será na entrada do teatro.

1 -  Fotos das oficinas 2014 no telão.

3 – Curta contendo entrevistas sobre a realização das oficinas  2014

4 – Fala do coordenador  geral do projeto- Professor Zezito de Oliveira

5 – 1ª coreografia  "Jardim" -  Cristiane dos Anjos

6 – Curta –" Gonzaga me convidou pra dançar." (oficina de dança de 2012/2013)

7 – 2ª coreografia "Outubro" – Eduardo Freitas

8 – vídeo "Recapitulação oficina de vídeo 2012/2013"

9 – 3ª  coreografia "Afeto" - Cristiane dos Anjos

10 – Curta "Flores do Jardim" - Projeto Inventar com a Diferença.


HISTÓRICO


A Ong Ação Cultural é a organização responsável pela iniciativa do  Ponto de Cultura  Juventude e Cidadania, realizado na Escola Estadual Júlia Teles, Conjunto Jardim-Socorro, com oficinas de danças às segundas com o professor Eduardo e aos sábados com a professora Cristiane, além da oficina de audiovisual, realizada também  aos sábados com o professor Marcel. 

O objetivo do trabalho desenvolvido no Ponto de Cultura,  é ampliar e qualificar a participação de adolescentes/estudantes de escolas públicas, em atividades ligadas a dança e ao audiovisual. A mostra denominada Sarau Multicultural  pretende mostrar o resultado final das oficinas 2014.

Os adolescentes sentem-se felizes por perceberem que são vistos e respeitados por suas criações. Podem opinar na criação de passos de danças ou mesmo montando pequenos curtas que os empolgam e os fazem se sentir úteis.

O projeto tem o apoio das famílias, o que é essencial, que acreditaram e acreditam no potencial de seus filhos e os apoiam quando é preciso participar de eventos, dando a credibilidade aos professores/oficineiros e a Ação Cultural. 

A participação das crianças e dos jovens para que a iniciativa tenha continuidade é muito importante, por isso, agradecemos as famílias que são nossas colaboradoras, como também a parceria da Escola Estadual Júlia Teles pelo espaço disponibilizado.

O Ponto de Cultura, Juventude e Cidadania   recebe   o patrocínio do Ministério da Cultura e da Secretaria de Estado da Cultura e as atividades foram iniciadas no ano de 2012. 

Para saber mais sobre o inicio e as realizações do Ponto de Cultura, Juventude e Cidadania nos anos 2012 e 2013, clique AQUI
 



 A DANÇA COMO GESTO DE AMOR


A dança é uma das formas de expressão mais antigas utilizadas pelo homem e o significado dela vai além da expressão artística. A arte de dançar permite a criança, ao adolescente e ao jovem reconhecer-se como agente de possível transformação, percebendo o mundo em que vivem de forma crítica a partir da vivência e interpretação de cada composição coreográfica, construindo e reconstruindo, dando significados e resignificando suas vidas a cada aula. 

A arte da dança permite o desenvolvimento de potencialidades, a partir de ações que inserem os alunos num contexto de coletividade e enriquece as relações interpessoais, possibilita a formação de cidadãos com uma visão participativa, crítica e autônoma dentro da sociedade e contribui também dessa forma para a elevação da autoestima. 


É imprescindível levar em consideração o conhecimento trazido pelos próprios alunos, a partir do contexto e da realidade cultural em que estão inseridos, mas é necessário provocar uma reflexão para que eles percebam a possibilidade de reconsiderar e/ou recriar algumas dessas manifestações, respeitando a espontaneidade de cada um, suas opiniões e escolhas, estimulando a criatividade, orientando os conteúdos trabalhados, respeitando o que é trazido, por meio da apresentação e outras formas de construir e outros formatos de manifestações artísticas e culturais que os permitam se expressar corporalmente de uma maneira prazerosa e acima de tudo, interpretar cada coreografia construída com amor, através de uma das mais belas artes que é dançar.

(Depoimento da professora/oficineira Cristiane dos Anjos - Turma 01 - Dança Moderna)

 --------------------------------------------

Sonhar, sempre é tempo

É essencial partilhar as coisas boas da vida, plantar amizades e ganhar irmãos.

É preciso regar as flores, para poder ver a beleza de seus botões desabrochando. É preciso celebrar a vida a cada dia, sentir alegria e vibrar a cada conquista. É possível acordar todos os dias acreditando sempre em um mundo melhor, onde o amor prevalece nos corações das pessoas que sabem dar amor e nasce nos corações das pessoas que não sabem, mas aprendem a amar. Por isso vamos plantar sementes e cultivar flores todos os dias em nosso Jardim.

A coreografia intitulada Jardim retrata a importância dos sonhos, da amizade, da esperança, da união e, sobretudo do amor.



Coreografia: Jardim

Música: Com Essa Cor

Canta: Monique Kessous



Dançam:

1.    Franety Santana

2.    Iasmyn Eliana

3.    Jéssica Martins

4.    Kamily Santos

5.    Kelly Steffany Anunciação

6.    Laurilene Santos

7.    Maikely Silva

8.    Viviane Santos



A fase da adolescência é marcada por diversas transformações corporais e emocionais, nessa etapa novos sentimentos são vivenciados. A ideia de amor remete aos contos de fadas infantis, a pessoa amada é idealizada como algo mágico e perfeito e esses sentimentos são vividos com profunda intensidade.

A coreografia afeto vem expressar esse misto de sentimentos que permeiam essa fase, mas se detém ao amor puro, inocente, sincero, complexo e envolvente, que só quem é ou foi adolescente consegue entender.

Música: Vem

Canta: Monique Kessous



Dançam:

1. Adriano Melo

2. Iasmyn Eliana

3. Jéssica Martins

4. Lucas Bomfim
 
-----------------------------------------------

 

COREOGRAFIA “OUTUBRO”

COREÓGRAFOS – Os alunos (monitorados pelo professor)


Em 12 aulas, esta turma com faixa etária entre 8 e 13 anos experimentou conceitos da dança através de dinâmicas divertidas: o encaixe do quadril e o cambré foram trabalhados com equilíbrio, tipo aviãozinho, nos pés do professor. Fluxo, rolamentos espirais torções, giros e saltos... sempre misturando técnicas de dança com as circenses. A leveza dos movimentos dos braços, por exemplo, vivenciamos com malabarismos de “flags”.


É com este espírito de brincadeira levada a sério que nós, professor e aprendizes,  decidimos nossa coreografia “OUTUBRO” para expressar corporalmente quatro datas comemorativas deste mês que muito tem a ver com o universo infantil: “Dia das Crianças”, “Dia dos Professores”, “Dia do Saci” e “Halloween”.

(Professor/Oficineiro Eduardo Freitas - Turma 02 - Dança Moderna e Técnicas Circenses)
--------------------------------------------------
VENDO O MUNDO COM OUTROS OLHOS

Pela busca do diferente, do inusitado e até da harmonia com nossas vidas é necessário que deixemos de lado muito do que somos ensinados a não contestar.  

 As coisas podem acontecer, os ideias podem se concretizar. Não precisamos ver o mundo somente a partir de olhos que não sejam os nossos. 

Podemos e devemos compartilhar a nossa maneira de ver o mundo com as outras pessoas.


E assim vamos, fotografando, filmando, escrevendo roteiros, assistindo filmes, capturando os diversos sons do meio ambiente...isso é apenas uma parte do que a oficina de audiovisual propõe aos seus alunos.


Realizada na Escola Estadual Professora Julia Teles, no Conjunto Jardim, foram cerca de três meses consecutivos de aulas, onde os alunos da oficina de audiovisual,   passaram a trabalhar uma nova visão de mundo, a visão criativa por trás das cameras, do produtor, do realizador e assim entender um pouco mais sobre essa magia  que há mais de 100 anos encanta a vida das pessoas .


(Marcel Magalhães - Professor/Oficineiro Marcel Magalhães - Turma Audiovisual)

 ---------------------------------------------------
Para mais informações sobre o evento, entre em contato com Eduardo Freitas - Produtor  Executivo - Eduardo Freitas - 96562112 -Vivo - sollacirco@yahoo.com.br
e/ou Zezito de Oliveira - coordenador pedagógico do Ponto de Cultura - 8864-5927 (oi) 8117-2290 (claro) - zezitodeoliveira@gmail.com 


Nenhum comentário: