CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Mostra Cinema e Direitos Humanos na Escola Estadual Júlia Teles.


 


O Ponto de Cultura Juventude e Cidadania/Ação Cultural foi escolhido para ser um dos pontos de exibição da iniciativa Democratizando  - Mostra Nacional Cinema e Direitos Humanos.
Esta ação é uma ramificação da Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, cujo objetivo  é estabelecer um diálogo franco e direto com o povo brasileiro sobre seus direitos fundamentais. Mais do que assistir a filmes, trata-se de um convite ao debate, à reflexão, para construirmos juntos um país que valorize a diversidade e garanta o respeito aos Direitos Humanos.
A atividade  será realizada em parceria com a Escola Estadual Júlia Teles, localizada no Conjunto Jardim, município de Nossa Senhora do Socorro. 
Antes da apresentação dos filmes da mostra, também será apresentado curtas, produzidos pelo Ponto de Cultura Juventude e Cidadania e pelo Projeto Inventar com a Diferença, resultado das oficinas de audiovisual realizadas com alunos (as) da Escola Júlia Teles.
O acesso para assistir a mostra  Democratizando  - Cinema e Direitos Humanos é totalmente gratuito e conta com uma seleção de filmes em formato digital, com  opção de  utilização de closed caption e audiodescrição, além de legendas para cinco idiomas: árabe, espanhol, inglês, francês e mandarim.
“A Vizinhança do Tigre”, de Affonso Uchoa; “Cabra Marcadopra Morrer”, de Eduardo Coutinho, “Pelas Janelas”, de Carol Perdigão, Guilherme Farkas, Sofia Maldonado e Will Domingos; “Que Bom te Ver Viva”, de Lúcia Murat; “Rio Cigano”, de Júlia Zakia; e “Sophia”, de Kennel Rógis são os filmes que compõem a mostra.
A Ação Cultural foi criada em 2004, porém, antes disso, o grupo fundador já se organizava como um coletivo de produção cultural. No que se refere à área geográfica, a principal base de atuação é o Conjunto Jardim (município de Socorro), onde é realizado oficina de audiovisual com estudantes de escolas públicas. 
Através destas oficinas,  é buscado a  formação de um  olhar voltado para a necessidade de mostrar como pensa e vive a juventude que mora na periferia. Um novo olhar assumido pelos jovens participantes da oficina e por aqueles  que assistem ao resultado final do trabalho. Outro objetivo é alargar o campo de visão dos meninos e meninas envolvidos na oficina  no que se refere a valores estéticos e éticos, buscando transformar a realidade de exclusão e invisibilidade em que vivem.
Além disso,  a Ação Cultural realiza iniciativas culturais itinerantes em outros bairros de Aracaju e em outros municípios da região metropolitana.   Uma das atividades é a exibição de produções de longa metragem, curtas e animação  através do formato cineclube, realizado de forma esporádica em escolas, na sede da Ação Cultural e em salões comunitários de igrejas.

 A exibição acontecerá em março e as datas e horários serão divulgados brevemente..

PRODUÇÃO DE CURTAS DO PONTO DE CULTURA & PROJETO INVENTAR COM A DIFERENÇA.
 


Nenhum comentário: