VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Sarau Multicultural no Edélzio, um dia histórico na cidade de Santa Rosa de Lima

Ontem (dia 07) prestigiamos o primeiro Sarau multicultural no Colégio Estadual Dr. Edélzio Vieira de Melo, na cidade de Santa Rosa de Lima. A temática do sarau foi "Artes, lutas e resistência nos anos de chumbo" e os estudantes surpreenderam com as mostras artísticas e com um discurso consciente relacionado ao tema do projeto. - Postado na página da SEED no facebook
-----------------------------------

 No último dia 07/Abril participei do I SARAU MULTICULTURAL  no Edélzio (Colégio Estadual Dr. EDÉLZIO VIEIRA DE MELO). Gente foi tudo muito lindo!  Os alunos apresentaram teatro, dança, música e muitas outras coisas que me deixaram emocionado. Eu como historiador, vi ali uma parte do meu TCC, que foi sobre o Regime Militar e a Reforma do Ensino Superior no Brasil entre 1964 - 1968. O professor Zezito de Oliveira estava em êxtase assistindo tudo. O tema do Sarau trouxe o passado mas, de forma atual. Parabéns a toda Familia Edélzio, vocês nos enchem de orgulho.
Gladson Andrade

foto SEED
 Muito grato ao colega Gilvan Rosa e aos demais colegas professores e jornalistas da SEED que se fizeram presentes ao Sarau Multicultural no Colégio Dr. Edélzio Vieira de Melo. Assim também como a Gladson Andrade da rádio comunitária de Santa Rosa de Lima. 

Os alunos do 3ano "arrasaram" nas apresentações. A expectativa é que os próximos sejam ainda melhores, inclusive contando com o apoio de alguns alunos (as) do 3ano que demonstraram ter muita energia criativa e disposição em aprender e ensinar, colaborando assim com os próximos saraus  das outras turmas. 

O legal será acompanhar o desdobramento de interesse , da parte dos alunos por mais leituras, canções, imagens e áudios produzido contra a ditadura e toda forma de opressão no Brasil e no mundo. Em especial,durante a segunda metade do século XX e nestes tempos que urgem ou que rugem.








fotos Gilvan Rosa 


Em termos de resultados estou bastante satisfeito com o que foi construído. Evidente que alguns não completaram as tarefas e deverão explicar as razões. Acredito que através do relatório estas informações serão fornecidas.
No processo de preparação percebi de uma forma bem legal, o esforço e o empenho de alguns, estes compreendem “ quem bem fizer, para si é” . Pois não trata-se de valorizar o professor em primeiro lugar, mas a si mesmo primordialmente. 
 Não poderei fazer uma análise pormenorizada do que foi apresentado, porque é difícil estar atento a tudo e a todos , preocupado com a organização do evento e na expectativa de que os resultados sejam os melhores possíveis.
Todavia, é muito legal perceber mais uma vez, alunos (as) com grande potencial de talento no campo do teatro, da dança, da pintura, da música e etc. Assim como no campo da relação interpessoal, no campo do trabalho em equipe, no campo da liderança. Penso que os esforços da escola, da prefeitura, do governo do estado e do governo federal devam favorecer a expansão desses talentos e o estimulo para que outros possam ser despertados ou estimulados.
Estes talentos necessariamente não precisam resultar em artistas de sucesso, podem resultar em pessoas melhores e profissionais de outras áreas com melhor preparo.
Importante lembrar, quanto mais se o aprendizado no campo da arte, vir acompanhado de um conhecimento simultâneo no campo da história, da sociologia, da filosofia, da psicologia, da administração e etc., como fizemos com a proposta do Sarau Multicultural
Detalhe importante: Nunca tinha lido ou assistido a montagem de” Liberdade, Liberdade”. Tinha apenas referências históricas sobre a mesma e a sua importância. Grato por me proporcionarem este momento e da forma intensa e inteira como fizeram.
Professor Zezito de Oliveira
"Um dia feliz, às vezes é muito raro", como diz uma conhecida canção do Jota Quest. Decerto o dia 07 de abril de 2016 no Colégio Edélzio de Santa Rosa, é um destes dias.
 



Leia também:
 sábado, 2 de abril de 2016

SARAU MULTICULTURAL REVISITA OS ANOS DE CHUMBO ATRAVÉS DA ARTE E DA LITERATURA.


Abaixo, uma das fontes principais que inspira uma proposta do tipo  Sarau Multicultural.

Nenhum comentário: