VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 18 de agosto de 2013

Mostra "Tati Por Inteiro" no Cine Vitória em Aracaju, Entrada Franca.

16/08/13 - 14h02


Por Thaís Guedes
Estagiária
Fonte: site do Sesc-Sergipe. AQUI

O Sesc realiza no período de 23 a 29 de agosto, no Cine Vitória, a  mostra de cinema Tati por Inteiro, uma parceria entre o Departamento  Nacional da instituição com a Embaixada da França e a Cultures France.


Jacques Tati é considerado pela crítica especializada como um dos comediantes mais originais do cinema, mas, ainda é desconhecido de grande parte do público brasileiro. Embora atendesse as diversas faixas de público, sua obra ficou restrita aos grandes centros urbanos e as raras iniciativas dos chamados “circuitos de arte”.


A mostra irá exibir gratuitamente seis longas-metragens, três curtas e um documentário, dirigido pela filha de Tati, Sophie Tatischeff. O evento também irá contar com a mediação dos professores Marjorie Garrido Severo, Jorge Mascarenhas, Fenando Marinho, Armando Alexandre Castro e Ana Ângela, com o objetivo de promover uma interação direta com o público, permitindo debates e análises sobre os filmes apresentados.


Para o Sesc, que tem como compromisso contribuir para a transformação  social, realizar essa mostra representa oportunizar, também, a  reflexão e o debate sobre a arte de Jacques Tati e o mundo em que  vivemos.


A programação completa com os horários, dias e títulos você encontra no link localizado no topo desta página. O ingresso deve ser retirado meia hora antes da exibição do filme.

Confira programação >>


JACQUES TATI
Jacques Tati, cujo nome completo era Jacques Tatischeff, nasceu em 9 de outubro de 1907 em Pecq, localizada a oeste dos subúrbios de Paris. De descendência russa, holandesa e italiana, ele abandonou os estudos e começou a trabalhar com o pai no comércio de molduras. Tati, porém, era apaixonado por rugby e decidiu tentar a sorte no esporte após cumprir o serviço militar. Com quase dois metros de altura, o futuro cineasta não só se tornou um grande esportista. Ele aproveitou a permanência do time Racing Club de France para apresentar seus primeiros esquetes cômicos como mímico.

Foi então que não parou mais de criar personagens e começou a fazer cinema em 1932, quando atuava, dirigia e escrevia seus filmes. Sua primeira obra de grande sucesso foi "Escola de Carteiros" (1947), logo seguido por "Carrossel da Esperança" (1949), celebrado em cidades de todo mundo. Sua filmografia era constantemente selecionada para festivais de cinema internacionais e sua linguagem simples conquistava públicos de todas as idades. Apesar de ter passado por problemas financeiros na década de 1960, Tati buscou parcerias com outros países para filmar "As aventuras do sr. Hulot no trânsito louco" (1971) e "Parada" (1974), seu último filme. Em 1982, Tati representou a França em uma homenagem prestada pelo Festival de Cannes aos dez maiores produtores do mundo. Faleceu em novembro daquele mesmo ano, deixando projetos ainda inacabados.
A MOSTRA
Considerado um dos maiores comediantes da história do cinema, o francês Jacques Tati ainda é desconhecido por grande parte do público brasileiro. Para cumprir a missão de levar cultura de qualidade a todos os cantos do país, o SESC firmou uma parceria com a Embaixada da França e Cultures France para promover a Mostra "Tati por inteiro" em seus centros de difusão audiovisual. Nas unidades do SESC, o público poderá conhecer a mensagem universal e inspiradora do cineasta, bem como identificar sua refinada leveza a discutir com bom humor temas do homem e da sociedade moderna.

A mostra traz ao todo, seis longas-metragens, três curtas e um documentário, dirigido pela filha de Tati, Sophie Tatischeff.
APOIO
ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO
Mais detalhes da mostra Tati por Inteiro. AQUI
sj tati_02
tati_03

Nenhum comentário: