VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Play list - Tiradentes, sonho e lutas pela liberdade. Ontem, Hoje e Sempre!!!


CELEBREMOS TIRADENTES!Chico Alencar
"Foi trabalhar para todos
Mas por ele quem trabalha?
Tombado fica seu corpo
Nessa esquisita batalha
Suas ações e seu nome
Por onde a glória os espalha?"
(Cecília Meirelles, 'Romanceiro da Inconfidência').

Não, maravilhosa Cecília, não foi bem uma 'inconfidência', uma 'delação', uma 'deduragem'. Prefiro 'conspiração', 'inssurreição'.
Seja o que tenha sido, é certo que trata-se de uma derrota histórica. Ou, quem sabe, uma vitória?
Aqui estamos, celebrando um certo Joaquim, que também era José, e Silva, e Xavier, como milhões de heróis do cotidiano, que resistem a tantas forcas contemporâneas.
Comemoramos um episódio da história, no tempo em que ainda havia causas pelas quais dar a vida - 'dez, se as tivesse', como disse o Tiradentes diante de seus algozes.
 -----------------------
  http://portaldainconfidencia.iof.mg.gov.br/
-----------------------

Chico Buarque - Tema de ''Os Inconfidentes'
Chico Buarque de Hollanda - Nº4 é um álbum do músico brasileiro Chico Buarque. Foi lançado no ano de 1970.
---------------------


http://pt.wikipedia.org/wiki/Romanceiro_da_Inconfid%C3%AAncia

---------------------


 Exaltação a Tiradentes - Jorge Goulart

Em 1949, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Império Serrano sagrou-se campeão com este samba-enredo composto por Mano Décio da Viola, Estanislau Silva e Penteado.

A letra foi escrita para exaltar a figura de Tiradentes, o herói que nos libertaria do jugo opressor. A real figura de Tiradentes não é a que fomos acostumados e ver nos livros e quadros. Esta figura foi criada para que o Brasil tivesse um herói.
O samba não deixa de ser lindo e didático.

Ano: 1949
Enredo: Exaltação a Tiradentes
Compositores: Mano Décio da Viola, Estanislau Silva e Penteado.

Joaquim José da Silva Xavier
Morreu a 21 de abril
Pela Independência do Brasil
Foi traído e não traiu jamais
A Inconfidência de Minas Gerais

Joaquim José da Silva Xavier
Era o nome de Tiradentes
Foi sacrificado pela nossa liberdade
Este grande herói
Pra sempre há de ser lembrado

- O chão da casa de Tiradentes foi salgado pelas autoridades e ele declarado "morto para sempre" pela Devassa, o processo de condenação dos Inconfidentes.

- Deste movimento, denominado Inconfidência Mineira, além de Tiradentes participaram outras figuras de projeção da época como os poetas Tomás Antonio Gonzaga, Claudio Manoel da Costa e Alvarenga Peixoto.
- D. Maria I, a louca, que condenou Tiradentes à morte por enforcamento, fugiu para o Brasil junto com a Corte Portuguesa em 1808.
- Em 1972, Joaquim Pedro de Andrade dirigiu o filme "Os Inconfidentes", uma produção ítalo-brasileira que contava no elenco com José Wilker no papel de Tiradentes.













2 comentários:

sollacirco disse...

Este Blog é um dos contrapontos às informações bestializantes que circulam na internet enchendo o povo de indignação contra "informações" de fatos inexistentes. Parabéns por esta coletânea tão informativa que mescla músicas, textos e vídeos. Que prazer ver um conteúdo tão consistente apresentado de maneira tão estimulante aos nossos sentidos... caminhos pela arte que nos arrebata pela sensação e se transforma em conteúdo! Eduardo Freitas - Arte Educador

AÇÃO CULTURAL disse...

Sollacirco,

Sem palavras, somente agradecimentos pelo que você dissestes.
Sucesso!!