CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

domingo, 21 de julho de 2013

Escola Estadual Júlia Teles - Os técnicos e gestores da SEED indo aonde o povo está.



Todas as fotos de 19 de julho de 2013
Em primeiro plano o diretor Anselmo.


Em primeiro plano engenheiro Mauricio

Em pé engenheiro Mauricio, Professor Gaspeu (Diretor da DRE-08) e Sr. Charles, coordenador da segurança escolar da SEED.
Em primeiro plano, professor Gaspeu.



Ata de reunião com técnicos e gestores da Secretária da Educação, equipe diretiva, professores, funcionários e pais  dos alunos da Escola Estadual Professora Júlia Teles.

Às 15: 30 quinze e trinta hora do dia 19 (dezenove) de julho de dois mil e treze, nas dependências desta Unidade de Ensino supracitada, foi deliberada uma assembleia contando com a presença dos professores, equipe diretiva, funcionários, pais e representante dos segmentos da Secretária do Estado da Educação. O primeiro pronunciamento foi do engenheiro o Sr Mauricio, que informou acerca das obras de pequena monta, com início previsto para a segunda-feira (22/07), informou ainda que a obra contemplará as áreas do telhado, eletricidade e hidráulica. O padrão desta primeira parte da obra, esta enquadrado na categoria de pequena monta, em torno de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), porém o orçamento dos três itens citados, já chega próximo a R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). Quanto à quadra de esporte, foi interditada por medida de segurança e entrará em outro processo de licitação, haja vista que a restauração da mesma só se fará no momento em que a escola passar por reforma. Em seguida foi discutido entre os pais e professores a necessidade de se fazer uma melhoria no refeitório, por não comporta de forma adequada à diversidade de faixa etária que frequenta a escola, foi solicitado a retirada do revestimento das mesas e bancos deixando apenas no concreto para facilitar a higienização e conservação do ambiente,  outra sugestão foi à retirada total das mesas e bancos de alvenaria, substituindo por mesas e cadeiras de plástico, permitindo a utilização do espaço do refeitório para atividades culturais, jogos e eventos sociais, sendo que em um outro momento será realizada a votação, em razão do número pequeno de pessoas na reunião, sendo assim foi sugerido que fosse amadurecida as sugestões para então serem discutidas e decididas em uma outra oportunidade tendo um maior número representativo. Outro aspecto discutido foi a implantação de cobogós que permitirá uma melhor ventilação para o ambiente na área do deposito que armazena a merenda. Em se tratando do muro que circunda a escola, foi sugerida uma ampliação vertical, porém foi descartada, uma vez que a ampliação do muro de alvenaria dificultaria a visualização da entrada de pessoas estranhas ou suspeitadas na escola, foi então apresentada pela plateia, a proposta de muro com base de concreto e corpo com grade ou gradil, mas segundo o Sr Mauricio o orçamento ficaria dispendioso para se fazer em toda a extensão da escola. Diante das ponderações do engenheiro e da plateia, chegou-se a uma definição em dois formatos, tanto o formato tradicional dos muros nos fundos e nos lados da escola e na área da frente com gradil, sendo que esse serviço terá que passar por uma outra licitação. Como sugestão para ajudar na segurança da escola, foi sugerido uma atenção especial para a iluminação na frente da escola. Ainda foi solicitada a contratação de mão de obra voluntária da comunidade nas obras que ocorrer na escola, bem como o apoio da associação dos moradores fazendo vigilância no que se refere à quantidade e qualidade do material utilizado pela empresa contratada para o serviço da obra instalada na escola, evitando assim serviços de baixa qualidade realizados na instituição de ensino Júlia Teles.
Outra questão pontuada foi à segurança, motivo maior da pauta da reunião, enfatizado pelo Sr Charles da segurança escolar, informando para a assembleia que os vigilantes formam o quadro completo de segunda-feira a sexta-feira, além do foguista nos sábados, domingos e feriados e o envio de mais dois vigilantes, mas ainda assim faz-se necessário mais um profissional para atender as necessidades, toda via há uma carência de servidores para cumprir esta função e para tanto, está sendo solicitado ao governo que autorize a contratação de novos servidores em caráter emergencial. O Sr Charles ressaltou ainda há expectativa do serviço do monitoramento a partir da contratação de uma empresa especializada na instalação de câmeras e sensores, porém o projeto ainda esta passando pelo edital, havendo a demora de mais alguns meses para que possa ser implantado, em razão do processo licitatório.
Foi divulgado ainda que o Sr Secretário da Educação Belivaldo Chagas, já manteve duas reuniões com a segurança pública, para dar apoio à segurança escolar, o que não ocorreu até o momento na escola Júlia Teles, conforme se ouvia na plateia, sendo que tal fato necessita de um aumento do efetivo segundo o Sr Charles. Foi ainda lembrado pela plateia a necessidade do retorno da companhia escolar e da implantação do PAC (Polícia Comunitária) no Conj. Jardim, o mesmo considerou as sugestões válidas, porém esbarra na quantidade insuficiente do efetivo. Para tanto sugeriu que a escola e a comunidade recorressem aos serviços 190 e 181, a plateia informou que já se faz o uso desses serviços, mas que muitas vezes o atendimento chega com atraso de até 50 minutos, após a denuncia do ocorrido. Em seguida o Sr Gaspeu, diretor da DRE 08, salientou a atenção que está dispondo para a escola em atender as necessidades do quadro dos professores, outro aspecto tocado em reunião foi à questão da prestação de contas da escola do ano 2012, que estar em aberto e de certa forma vem dificultando e prejudicando o recebimento de recursos federais. O diretor Gaspeu, solicitou ao diretor do Júlia Teles, sobre a resolução do problema, informado por este, prontificou-se em solicitar a agilidade do setor de análise de prestação de contas da SEEC para agilizar os procedimentos necessários.
Em virtude da escola não dispor de computadores no momento, nem dos cabos externos que conduzem o sinal de internet, em razão dos furtos sequenciais, foi solicitado o apoio do diretor da DRE-08 para que a secretária da escola pudesse realizar os serviços administrativos pendentes como o cadastro no SIGA na sede da DRE 08. Outro ponto destacado foi à regulamentação da gestão democrática e quanto à atualização do comitê comunitário, escolha do representantes dos professores, pais e alunos. E sem mais nada a tratar deu por encerrada a reunião às dezessete horas e quarenta e cinco minutos. Eu, Lélia Maria da Silva Siqueira lavrei a presente ata, que vai assinada por mim e os demais presentes à reunião.


Leia também: 

NEM TUDO SÃO FLORES NA ESCOLA DO JARDIM!  AQUI


Titulo inspirado na canção "Nos bailes da vida".



Nos Bailes da Vida

Milton Nascimento

Foi nos bailes da vida ou num bar
Em troca de pão
Que muita gente boa pôs o pé na profissão
De tocar um instrumento e de cantar
Não importando se quem pagou quis ouvir
Foi assim
Cantar era buscar o caminho
Que vai dar no sol
Tenho comigo as lembranças do que eu era
Para cantar nada era longe tudo tão bom
Até a estrada de terra na boléia de caminhão
Era assim
Com a roupa encharcada e a alma
Repleta de chão
Todo artista tem de ir aonde o povo está
Se for assim, assim será
Cantando me disfarço e não me canso
de viver nem de cantar



Nenhum comentário: